Giros: por que são importantes no Pole Dance?

Como não amar giros de pole, não é mesmo? Além de serem lindos de se ver e divertidos de praticar, são também essenciais para a nossa evolução. Você sabe porquê são tão importantes? Confira alguns motivos:

Base de Tudo

Geralmente os giros são os primeiros movimentos ensinados para os iniciantes no pole. Isso não somente porque variam em nível de complexidade – já que existem desde os mais simples ao mais difíceis de se executar – como também porque criam uma base e sustentação muscular para todos os demais movimentos que futuramente você vai aprender. Ou seja, os giros são a melhor forma de se familiarizar com a barra, fortalecer  e criar um contínuo ganho de consciência corporal.

O Aquecimento Perfeito

Além do alongamento e aquecimento de praxe de todas as aulas, os giros entram como uma boa forma de aquecer a musculatura para poses mais complexas, que exigem mais resistência. Vai fazer inversão na barra? Então se joga no giro back hook para aquecer os braços e abdômen. É dia de tentar o Handspring pela primeira vez? Dobre a quantidade de giros na pegada full bracket para aquecer bem os antebraços e por aí vai.

Aliado de Pole Combos

O que seria de um pole combo sem ao menos um giro para dar aquela magia? Além de dar mais fluidez para a sequência de movimentos, muitas vezes um giro dá aquele toque especial que faltava para que o combo saia de bom e vá para ótimo. Na hora de montar um combo, portanto, tente pensar nos giros que mais gosta de fazer ou que faz melhor – às vezes não temos noção do quanto podem fazer a diferença.  

Qual o seu giro favorito? Compartilhe com a gente nos comentários!

Quer uma barra Gaia Pole para chamar de sua? Ganhe agora mesmo um cupom com 5% de Desconto na sua primeira compra!

Compartilhar este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email