Por que se usa roupa curta no Pole Dance?

Quase todo/toda Pole Dancer já deve ter ouvido essa pergunta. Isso quando ela não vem cheia de cutucadas e más intenções.

Vamos começar esse post lembrando que ninguém é obrigado a nada, né?

MAS…
Há um motivo para as roupas curtas no Pole Dance.

É essencial que haja o contato PELE – BARRA para conseguir fazer as travas necessárias.

Áreas como cintura, virilha, coxa, axila precisam estar descobertas para conseguirem aderir à barra. Creme hidratante, óleo corporal, protetor solar também não devem ser usados na pele antes do treino.

Caso contrário, é a mesma sensação de tentar jogar futebol no campo de sabão…

Ou seja, você até pode conseguir subir um pouquinho na barra, mas é necessário muito mais força e controle corporal.

Existem alternativas para isso, como por exemplo, o nosso mastro emborrachado. Mas quando falamos de uma barra convencional, qualquer tecido atrapalha (e muito).

Caso você tenha vergonha, não se preocupe! A roupa jamais deve ser impeditivo para nada. No início, é bem tranquilo fazer com bermuda e uma camisetinha, por exemplo, já que os movimentos são mais simples e não exigem tantas áreas de contato.

Mas pode ter certeza que, junto com a sua evolução nos treinos, toda a parte de autoestima e confiança também vai crescer junto. Coisas que antes incomodavam ou até mesmo causavam vergonha, passam a se tornar naturais.

E lembrando que, independentemente de haver um motivo para isso, cada pessoa se veste da maneira que se sente mais confortável. Já passou da hora da gente ter que ficar repetindo que roupa não define caráter, não é mesmo?

O importante é se sentir bem. Então liberte-se!.

Agora a gente quer saber: Como foi sua relação com a roupa no início do Pole Dance e como ela é hoje?

Quer uma barra Gaia Pole para chamar de sua? Ganhe agora mesmo um cupom com 5% de Desconto na sua primeira compra!

Compartilhar este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email