Quero abrir meu Studio de Pole Dance! E Agora?

Não é novidade que a prática do Pole Dance tem crescido cada vez mais em nosso país. Inúmeros benefícios para a saúde e bem-estar atraem cada dia mais praticantes para o Pole Dance. Em paralelo a esse crescimento, também aumentam o número de profissionais que buscam empreender nessa área.

Contudo, assim como em qualquer tipo de empreendimento, para atuar com o Pole Dance é preciso entender alguns pontos específicos. Para te ajudar neste caminho, separamos 5 perguntas para ter em mente antes de abrir o seu Studio de Pole Dance.

Como Abrir um Studio de Pole Dance

1 – Tenho formação necessária em Pole Dance?

Para abrir um Studio de Pole Dance não é necessário que o responsável tenha nenhuma formação de nível superior. No entanto é essencial que você tenha ao menos um curso de formação na área.

No Brasil é possível encontrar inúmeros cursos de formação de Pole Dance. Infelizmente, por falta de regulamentação, qualquer pessoa pode ministrar um curso de formação. Então tome muito cuidado, pois a segurança das suas alunas, e também do seu empreendimento, está em jogo quando o assunto é curso de formação.

Indicamos que você busque conhecer profundamente o profissional antes de se capacitar com ele. Veja suas avaliações, pesquise a satisfação daqueles que já fizeram o curso.

Clique aqui e veja os cursos de formação que nós confiamos e indicamos.

2 – Onde irei abrir o meu Studio de Pole Dance?

Um dos primeiros passos para abrir um Studio de Pole Dance é buscar por um espaço onde ele será instalado. Sempre dê preferência a um local onde seu público-alvo esteja, que ofereça a infraestrutura adequada e que seja de fácil acesso para os alunos. De nada adianta você ter o melhor Studio da cidade se ninguém consegue chegar até ele.

O espaço para ministrar aulas de Pole Dance pode variar entre 40 e 120 m². Então, ao decidir o local do novo empreendimento, deve-se considerar:

  • O objetivo do negócio;
  • O público-alvo que se quer atingir;
  • A população dos arredores;
  • A concorrência existente ou potencial nas redondezas;
  • As condições do imóvel;
  • As vias de acesso.

3 – Quem é o meu público-alvo?

Conhecer o público-alvo é uma das primeiras etapas quando se deseja empreender. No caso de um Studio de Pole Dance não é diferente. É muito importante estar atento ao perfil e as necessidades das suas alunas.

Segundo pesquisa realizada em 2016 sobre o Pole Dance no Brasil:

  • 92% do público é feminino;
  • 76% das praticantes tem até 35 anos de idade;
  • 60% possuem curso superior completo;
  • 68% diz que busca o Pole Dance para melhorar sua Autoestima;
  • 83% declara o Pole Dance como parte principal da sua vida;

Analisar estes dados irá te dar uma vantagem competitiva na hora de montar o seu plano de negócio. Entender as necessidades do seu público é a chave para o sucesso.

Além disso, vale a pena analisar a possibilidade de oferecer serviços adicionais para as alunas, como uma lanchonete, terapias, entre outros. Comodidade e personalização são dois dos fatores que mais fidelizam os clientes.

4 – Qual média cobrada pelos profissionais da região?

Para responder a esta pergunta, o ideal é realizar uma pesquisa na sua região. Com as informações obtidas será possível estabelecer a sua tabela de preços, mantendo uma média de valor entre seus concorrentes.

Outro ponto importante é que, se seu Studio oferecer diferenciais e possuir um atendimento de qualidade, poderá até mesmo cobrar valores maiores que os da região. Contudo, é preciso conhecer detalhadamente tanto o perfil do seu público-alvo quanto a qualidade e preços das aulas de outros Stúdios nas proximidades.

5 – Como escolher o fornecedor de equipamentos?

A escolha do fornecedor para os equipamentos deve ser muito criteriosa, afinal, eles são o fundamentais para o Studio de Pole Dance. Dessa forma, antes de adquiri-los, é essencial buscar informações sobre a qualidade, durabilidade, tipo de material, garantia, assistência técnica, entre outras questões relevantes.

Barra de Pole Dance

Vale lembrar que, no caso dos equipamentos, muitas vezes o barato pode sair caro. Sendo assim, vá além da pesquisa de preços e busque também por recomendações, comentários em sites especializados, sites da empresa, entre outras informações que irão auxiliar em sua decisão.

Próximos Passos…

Quer saber mais sobre como abrir o seu Studio de Pole Dance? Acesse este link e solicite a consultoria de nossos especialistas. Podemos ajudar você a realizar o seu sonho!

Compartilhar este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email